Os 7 Principais Benefícios da Diversificação da Carteira de Investimentos Que Você Não Pode Ignorar

Se trabalha na área financeira ou de investimentos, aprender sobre a diversificação de carteira é uma boa ideia.

É um método utilizado por investidores para controlar riscos. Conhecer a diversificação de carteira, incluindo seus tipos e vantagens, pode ajudar a tomar melhores decisões de investimento.

ADVERTISEMENT

Neste artigo, vamos explorar os benefícios da diversificação de carteira e explicar seu conceito, componentes, tipos e vantagens.

O que é Diversificação?

Diversificação significa ter diferentes ativos que se comportam de forma diferente ao longo do tempo. Trata-se de não concentrar muito em um único investimento ou tipo. 

No investimento em ações, uma carteira diversificada possui 20-30 ações diferentes em diversas indústrias. Também pode incluir títulos, fundos, imóveis, CDs e contas de poupança.

ADVERTISEMENT

Cada tipo de ativo reage de forma diferente a mudanças econômicas, oferecendo ganhos e perdas diferentes:

  • Ações podem oferecer retornos elevados, mas também podem ser voláteis.
  • Títulos oferecem retornos mais estáveis, mas podem ser afetados por mudanças nas taxas de juros.
  • Fundos geralmente são diversificados, mas podem se concentrar em setores específicos.
  • Imóveis podem crescer lentamente e fornecer renda, mas têm custos de manutenção e comissões elevadas.
  • CDs e contas de poupança oferecem crescimento constante com base nas taxas de juros.

A diversificação em sua carteira ajuda porque, à medida que alguns ativos crescem, outros podem se manter estáveis ou diminuir. 

Ao longo do tempo, os melhores desempenhos em sua carteira e a estratégia de diversificação podem mudar.

ADVERTISEMENT

O essencial é que esses ativos não sejam fortemente correlacionados. Atualmente, é mais fácil e barato ter uma carteira diversificada, com comissões zeradas nas principais corretoras online.

Por que considerar a diversificação da sua carteira de investimentos?

Diversificar a sua carteira é crucial para decidir se ela se adequa à sua estratégia. 

Isso não garante contra perdas, mas é uma maneira de alcançar metas de longo prazo

A diversificação equilibra risco e recompensa ao distribuir investimentos por diversos setores. Revisar seus benefícios pode ajudar a identificar seu lugar no seu plano de investimentos.

Tipos de Diversificação de Carteira

Há várias maneiras de diversificar sua carteira de investimentos com base em seus objetivos financeiros.

Esses métodos podem ajudar você a diversificar os investimentos de forma eficaz para alcançar uma carteira equilibrada.

1. Diversificação da Indústria

Esta estratégia envolve diversificar seu portfólio em diferentes indústrias com perfis de risco variados. Ajuda o seu portfólio a resistir às flutuações do mercado.

Investimento temático, parte da estratégia de cima para baixo, segue uma abordagem semelhante.

Os fundos temáticos focam em setores relacionados, como infraestrutura ou transporte, investindo em indústrias relevantes como aço, energia e companhias aéreas.

2. Diversificação de Empresas Individuais

Esta abordagem concentra-se na diversificação de investimentos ao nível da empresa. Ajuda a compreender as necessidades específicas e operações de uma empresa. 

Por exemplo, a saída de um líder chave de uma empresa pode impactar significativamente todos os investimentos relacionados. 

Diversificar entre empresas pode mitigar riscos relacionados com preferências dos consumidores, legislação ou eventos naturais.

3. Diversificação de Classes de Ativos

Diferentes classes de ativos reagem de forma diferente às mudanças econômicas

Os investidores diversificam suas carteiras em diversas classes de ativos, como ações, títulos, criptomoedas, metais preciosos e imóveis, para reduzir os riscos financeiros.

4. Diversificação Geográfica

Investir em diferentes países com políticas monetárias e moedas variadas pode oferecer oportunidades e riscos diversos. A diversificação geográfica ajuda a minimizar o impacto dos riscos em uma área ao espalhar os investimentos por diferentes localizações.

5. Diversificação de Ativos Alternativos

Essa estratégia envolve investir em uma variedade de instrumentos , incluindo capital de risco, private equity, antiguidades e títulos em dificuldades. 

É comumente utilizado ao investir uma grande quantia de capital.

6. Diversificação de Prazo

Isso envolve diversificar os investimentos por duração. 

Investimentos de longo prazo são mais arriscados, mas oferecem retorno mais alto, enquanto investimentos de curto prazo são mais seguros, porém com retorno menor. 

Planos de investimento sistemático (SIPs) em fundos de ações e o uso de ETFs são exemplos de redução eficaz de riscos por meio da diversificação de prazo.

7. Diversificação da Estratégia

Para lidar com suas carteiras de investimento, os investidores empregam diferentes abordagens. Estratégias típicas incluem:

  • Investimento em Valor: Os investidores compram ativos subvalorizados para aproveitar os preços baixos. O objetivo é encontrar pechinchas de mercado, focando em empresas com potencial de lucro mas atualmente subvalorizadas.
  • Investimento em Crescimento: Essa estratégia busca fomentar o crescimento ao abraçar riscos maiores, como investir em setores emergentes ou novas empresas com maior potencial de crescimento em comparação com empresas estabelecidas.
  • Investimento Contrarian: Essa abordagem envolve a procura de oportunidades que vão contra o sentimento atual do mercado.

Criando uma Estratégia de Diversificação

O aumento dos fundos mútuos e ETFs acessíveis tornou mais fácil construir uma carteira bem diversificada, incorporando os princípios da diversificação de investimentos.

Esses fundos não são apenas baratos, mas também frequentemente não possuem custos de transação em grandes corretoras, tornando simples começar a investir.

Construindo uma Carteira Diversificada Simples

Uma carteira diversificada básica pode incluir um fundo de índice S&P 500, títulos para estabilidade, CDs para retornos garantidos e dinheiro em uma conta poupança para emergências.

Diversificação de Ações

Para ir além do básico, você pode diversificar suas posses de ações e títulos. Por exemplo, você pode adicionar um fundo que investe em mercados emergentes ou empresas internacionais, que não são cobertas por um fundo S&P 500.

Alternativamente, você poderia escolher um fundo que se concentra em pequenas empresas públicas, que também estão fora do S&P 500.

Investimento de Renda Fixa Diversificado

Para títulos de renda fixa, use fundos de curto prazo e médio prazo para obter retornos melhores. Crie uma escada de CDs para taxas de juros variadas.

Adicione commodities como ouro ou prata para mais diversificação. Selecione ativos que se comportem de maneira diferente em diferentes condições econômicas.

Se gerenciar sua carteira for demais, considere um fundo ou consultor-robô. Eles podem criar uma carteira diversificada para você, mas pode custar mais do que se fizesse você mesmo.

Benefícios da Diversificação de Carteira

Aqui está a lista dos benefícios significativos que a diversificação de carteira oferece:

#1. Preservação de Capital

A diversificação ajuda a proteger o seu capital, especialmente importante para aqueles que estão próximos da aposentadoria ou buscam estabilidade em sua carteira de investimentos. 

Ao distribuir investimentos em diferentes classes de ativos, você pode alcançar estabilidade e proteger seus investimentos contra as flutuações do mercado.

#2. Retornos Ajustados ao Risco Aprimorados

A diversificação pode melhorar os retornos ajustados ao risco de sua carteira, ou seja, você pode potencialmente obter retornos mais altos para o mesmo nível de risco.

Ela ajuda a identificar ativos com melhores retornos e aqueles que precisam de ajustes, aumentando assim a eficiência dos investimentos.

#3. Mitigação da Volatilidade de Mercado

Distribuir seus investimentos em diferentes setores e classes de ativos pode reduzir o impacto geral da volatilidade de mercado em sua carteira. 

Essa abordagem minimiza riscos específicos e permite o rebalanceamento da carteira para capitalizar nas flutuações de mercado.

#4. Tempo de Monitorização Reduzido

Portfólios diversificados são geralmente mais estáveis, requerendo menos tempo e atenção para monitorar.

Isto permite aos investidores equilibrar o risco e o retorno de forma mais eficaz e focar em outras prioridades.

#5. Benefícios dos Juros Compostos

A diversificação pode ajudar a minimizar as reduções do portfólio durante as baixas do mercado, garantindo retornos consistentes a longo prazo. 

Essa consistência permite que seu portfólio se beneficie dos juros compostos ao longo do tempo.

#6. Conquista de Objetivos de Investimento

A diversificação apoia a conquista de vários objetivos financeiros, permitindo uma estratégia de investimento mais adaptável.

Alocar fundos em diferentes ativos e setores pode melhor atender aos seus objetivos de investimento.

#7. Acesso a Diversas Oportunidades

Uma carteira diversificada expõe você a uma ampla gama de ativos, indústrias e ações, proporcionando acesso a diferentes oportunidades de investimento. 

À medida que os mercados se alternam, a diversificação garante que você possa se beneficiar dos setores que superam outros em diferentes momentos.

Conclusão

A diversificação é uma estratégia direta para estabilizar seus retornos e possivelmente aumentá-los. 

Você pode escolher entre diferentes níveis de diversificação para sua carteira, que vão desde uma carteira simples de ações até uma que inclui ativos em vários níveis de risco e recompensa.

Leia em outro idioma